ÚLTIMAS NOTÍCIAS


Em Curitiba, nesta terça-feira (13), a deputada federal Leande Dal Ponte (PV-PR), presidente da Frente Parlamentar da Primeira Infância na Câmara dos Deputados, participou da mesa de abertura do III Congresso Internacional de Acolhimento Familiar, considerado o maior e mais importante evento sobre o tema no Brasil.

Durante sua fala, a deputada paranaense destacou as ações da Frente Parlamentar da Câmara dos Deputados, na implementação de ações de conscientização sobre o Marco Legal da Primeira Infância, Lei Nº 13.257 sancionada em 2016.

“Após três anos da publicação da Lei, são poucas as pessoas que conhecem esse instrumento estratégico que pode trazer para o Brasil soluções de muitos problemas que nos assolam. Se nós olharmos para nossas crianças e pensarmos nelas além do vínculo familiar, tenho certeza que também enxergaremos que o futuro do Brasil depende, não apenas destas crianças, mas também de cada um de nós”, afirmou Leandre.

Ela também defendeu a união de forças interinstitucionais. “Tenho certeza que a interação entre os poderes é um instrumento poderoso para reunir pequenos retalhos que existem Brasil afora, de iniciativas como esta, para que a gente possa construir uma colcha para cobrir de proteção, amor e responsabilidade todas as crianças brasileiras. E nós da Frente Parlamentar da Primeira Infância viemos a somar a vocês nesse alinhavar de esperança, neste costurar de ações junto com o Congresso Nacional, com o Judiciário Brasileiro, e com os poderes executivos”, completou.

O congresso foi promovido pela Corregedoria-Geral do Tribunal de Justiça do Paraná (TJPR), pelo Conselho de Supervisão dos Juízos da Infância e da Juventude (CONSIJ-PR), Associação dos Magistrados do Paraná (AMAPAR) e Instituto Geração Amanhã (IGA). Participaram do evento juízes, promotores, técnicos da Vara da Infância e Juventude, assistentes sociais, psicólogos, conselheiros tutelares, advogados, organizações não governamentais, estudantes e demais interessados no tema.

Dentre os palestrantes internacionais do evento, estavam os neurocientistas que coordenaram o “Programa de Intervenção Precoce de Bucareste”, pesquisa conhecida como “Órfãos da Romênia”, considerada o maior e mais importante estudo mundial sobre as consequências do abandono e da negligência para o desenvolvimento neurológico das crianças, especialmente na fase da Primeira Infância (até os 6 anos de idade).


 


Fonte:
Postado por Adilson Nogueira - Data: 14/08/2019